Você esta aqui :
HOME / Ronaldo Carletto sugere criação de política de distribuição de absorventes para estudantes que não possuam condições financeiras

Destaque

Voltar
...
Outubro,2021

Ronaldo Carletto sugere criação de política de distribuição de absorventes para estudantes que não possuam condições financeiras

A pobreza menstrual é um problema de política pública e que atinge milhares de mulheres ao redor do mundo, inclusive no Brasil. Ciente dessa realidade, o deputado federal Ronaldo Carletto (PP) apresentou uma Indicação para sugerir a criação de uma política de distribuição de absorventes para as mulheres regularmente matriculadas em unidades de ensino que não possuam condições financeiras para a aquisição dos produtos.

O parlamentar alertou que a precariedade na higiene menstrual pode causar riscos à saúde das mulheres, além de gerar impactos financeiros nos orçamentos dos serviços de saúde. “Pode ocorrer infecções do trato gênito-urinário, por exemplo. A prevenção dessas infecções é uma medida muito mais efetiva, não só do ponto de vista econômico, mas tendo em vista a proteção dos direitos humanos, o bem-estar das mulheres e a promoção da equidade de gênero”, enfatizou.

Carletto ressaltou que, no caso das estudantes carentes, muitas convivem mensalmente com restrições relacionados ao exercício do direito à dignidade menstrual. “A falta de acesso aos absorventes íntimos leva muitas delas a utilizarem objetos inadequados à higienização, favorecendo o surgimento de infecções. Além disso, a pobreza menstrual causa maior ausência às aulas, que podem chegar a 45 dias de faltas por ano letivo. Ou seja, afeta não só a saúde dessas mulheres, mas, também, o ensino”, salientou.

O deputado afirmou que a luta para combater a pobreza menstrual está forte. “Na Câmara dos Deputados, já existem alguns projetos sobre isso e, recentemente, aprovamos a urgência para apreciação desses projetos, com o objetivo de agilizar. Em setembro, a Assembleia Legislativa da Bahia deu um grande exemplo e aprovou o Projeto de Lei nº 24.107/202, que inclui na Política Estadual da Saúde da Mulher um capítulo voltado para a conscientização e combate à pobreza menstrual no estado baiano, garantindo a distribuição gratuita de absorventes higiênicos. Seguirei firme nessa luta!”, finalizou.

Fonte: Ascom deputado Ronaldo Carletto (PP)

Redes Sociais

Praça dos Três Poderes - Câmara dos Deputados Gabinete: 939 - Anexo IV CEP: 70160-900 - Brasília - DF
+55 71 3240 3240